16 fev 2019

Manual do gestor para as férias de meio do ano

Confira 15 dicas para diretores e coordenadores não deixarem nada para trás nesse período de reorganização

Ah, o mês de julho. Alunos e professores vão descansar, os pais precisam se reorganizar para lidar com a realidade de ter seus filhos em casa em período integral, muitas famílias viajam… Porém, sabemos que a vida do gestor escolar é um pouco diferente. O recesso de meio do ano pode ser ótimo para descansar, mas também é providencial para arrumar a casa. Por onde começar? Como dar conta de tudo que deve ser feito? Veja, a seguir, 13 dicas de GESTÃO ESCOLAR para você aproveitar esse período sem aulas para organizar todos os detalhes da escola e prepará-la para o retorno dos alunos:

1. Arrume sua sala

via GIPHY

Comece a arrumação pelo micro: a sua sala. Sabemos que é muito fácil a sala do diretor se encher de materiais de projetos desenvolvidos ao longo do semestre, livros estocados por algum motivo e documentos de todos os programas governamentais. Quando menos espera, você mal tem onde se sentar. A pausa do meio do ano pode ser providencial para verificar, de tudo o que ficou guardado e acumulado na sua sala, o que é importante e o que pode ser descartado, ou armazenado em outro espaço.

2. (Re)organize suas tarefas

via GIPHY

Ficou sobrecarregado ou não conseguiu incorporar alguma atividade que pretendia na sua rotina? Aquela visita semanal às salas de aula só aconteceu até março? Replaneje suas atividades, colocando tudo em uma tabela e tentando estabelecer uma rotina semanal ou mensal para elas.

3. Verifique os espaços físicos

via GIPHY

Na correria das semanas que passam, nunca dá tempo de organizar a despensa da maneira adequada, ou consertar uma cortina que está solta em uma das salas de aula. O recesso é excelente para fazer essa vistoria de todos os espaços da escola e os reparos necessários.

4. Atenção aos feriados no segundo semestre!

via GIPHY

Organize já o calendário para o segundo semestre. Lembre-se que teremos uma série de feriados prolongados: 7 de setembro, 15 e 20 de novembro. Mesmo com eles, sua escola vai dar conta de cumprir os 200 dias letivos? Como equilibrar os dias de aula com os dias de prova e garantir o descanso das turmas?

5. Arrume os papéis e dados da escola

via GIPHY

Organize os dados dos alunos em planilhas: sua frequência, notas no primeiro semestre e avanço das aprendizagens. Além disso, também é importante organizar toda aquela papelada que, esperamos, você tenha tirado da sua sala.

6. Faça um balanço dos resultados da escola

via GIPHY

Pegue todos os dados dos alunos e das turmas que você tabulou na dica anterior e avalie, com a ajuda do coordenador pedagógico e dos professores: quais foram os avanços? Quais estão sendo as dificuldades? Como as turmas estão indo nas avaliações? Algum aluno merece atenção especial?

7. Pense em estratégias para evitar a evasão

via GIPHY

Um problema sério, principalmente nas séries finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio, é o número de alunos que abandonam a escola. Em geral, esses alunos já começam a dar sinais desde o início do ano. Vale avaliar as faltas de cada turma com mais atenção. Se tem um aluno que está se ausentando por tempo demais da escola, aproveite os dias de pausa na rotina para conversar com a família ou com o próprio estudante, entender seu contexto e pensar em soluções para reaproximá-lo dos estudos sem que ele perca o ano, e consequentemente, a motivação.

8. Planeje ações para o próximo semestre

via GIPHY

Já temos algumas dicas nos itens anteriores, mas vale relembrar: o meio do ano é o momento de olhar para o que já foi feito e pensar no que pode ser melhorado no semestre seguinte. Um projeto didático não teve o efeito esperado? Que tal adaptar os projetos seguintes já tendo em mente o que deu errado da primeira vez? A escola está passando por muitos casos de bullying? Elabore em conjunto com a equipe algumas soluções para resolver o problema. Os alunos pedem mais participação nas decisões? Como incorporar a gestão democrática na sua rotina?

9. Faça uma autoavaliação

via GIPHY

Não basta apontar o dedo para o que está errado nos outros e nos espaços: a autoavaliação é fundamental. O que você, gestor, se propôs a fazer em seu trabalho no início do ano? O que conseguiu cumprir? Como você pode se tornar um profissional melhor e mais próximo dos alunos, dos funcionários e da comunidade escolar?

10. Organize a segurança da escola

via GIPHY

Sua escola vai ficar totalmente fechada por algum período, sem nenhum responsável pela zeladoria? Antes de apagar as luzes e trancar o portão, o diretor deve verificar alguns itens básicos, mas que às vezes passam batido, como registro de água e gás.

11. Pense em novas atividades para as férias

via GIPHY

Essa dica é para o outro extremo: escolas, principalmente de Educação Infantil, que não vão parar nas férias. Sair da rotina, mesmo dentro da escola, vai ser divertido e atraente para crianças e professores.

12. Pense no acolhimento dos novos professores

via GIPHY

A rotatividade docente é uma realidade, não importa qual seja o motivo. Se a sua escola vai passar por essas mudanças no meio do ano ou passou no primeiro semestre, reflita sobre a recepção a esses novos professores. Como fazer com que eles se sintam integrados e parte da equipe?

13. Pense no acolhimento das crianças para o próximo semestre

via GIPHY

A maioria dos alunos já está acostumada com a rotina e as regras da escola, seus funcionários e professores. Nem por isso, o retorno às aulas no segundo semestre é tranquilo. A escola vai receber alunos transferidos? Como vai ser a integração com os demais?

14. A lista de tarefas está grande? Priorize

via GIPHY

Os gestores sempre acham que dão conta de todas as demandas da escola que, sabemos, são muitas! Essa própria lista de dicas já está extensa. A principal mensagem desta dica é: tudo bem se você não conseguir fazer tudo o que estava previsto para as férias. Identificar os principais gargalos da escola deve ser a tarefa número 1. A partir daí, as demais ações podem ser priorizadas de acordo com disponibilidade de tempo, orçamento e os prazos possíveis.

15. Descanse!

via GIPHY

Não estamos querendo fazer piada colocando essa dica por último depois de uma série de preocupações. Descansar é importante, e, se você souber utilizar a dica anterior, da priorização, de maneira eficiente, pode encontrar alguns momentos por dia ou alguns dias no mês de julho para recuperar as energias e se preparar para o segundo semestre.

Bom trabalho e bom descanso!

Por: Paula Peres

Fonte: Portal Gestão escolar

Deixe uma resposta